terça-feira, 25 de novembro de 2008





UTÓPICO

CONCURSO "UMA BOA IDEIA PARA A EVOLUÇÃO DA HUMANIDADE E SAÚDE DO NOSSO PLANETA".



Por quanto tempo ainda vamos conviver com armas de fogo?

Arma um cArma do nosso tempo...


Século XVI a XIX

*Armas Biológicas na Guerra do Paraguai. Uma polêmica envolvendo a ação dos militares brasileiros durante o conflito.


*Revolta da Cachaça.


No interior do Brasil, a chamada cachaça de engenho atrai o gosto de grandes apreciadores deste tipo de bebida. A população deste produto destilado chegou, em 1994, a ser tombado como um dos patrimônios da cultura brasileira. No entanto, a presente reverência a esta iguaria já foi alvo de uma revolta que tomou a cidade do Rio de Janeiro no século XVII.

Durante o período colonial, o consumo de cachaça aliou-se ao desenvolvimento das primeiras plantações de cana-de-açúcar formadas pelos colonizadores portugueses. Sendo a bebida fruto de um processo manufatureiro, a cachaça brasileira logo se tornou alvo de oposição da administração colonial portuguesa. Isso tudo porque a Coroa queria garantir seus lucros com a venda de uma bebida portuguesa feita a partir do bagaço da uva chamada de bagaceira.

Em meio às contradições do pacto colonial, o governador do Rio de Janeiro – um dos maiores centros de produção da cachaça – decidiu liberar a produção dos destilados sob a cobrança de impostos. Insatisfeitos com a cobiça do governo, um grupo de fazendeiros resolveu mobilizar a população contra a imposição governamental. Saindo de São Gonçalo e Niterói, os revoltosos chegaram à cidade para pressionar o governador Tomé Correia de Alvarenga.

Em posse de ARMAS e apoiados pelos soldados cariocas, os revoltosos começaram a saquear as residências das autoridades locais. Intolerante com o que ocorria em solo carioca, Salvador de Sá, sobrinho do antigo governador fluminense, mobilizou tropas que aniquilaram a revolta.

Logo depois de reassumir o controle da província do Rio de Janeiro, as tropas fiéis à Coroa Portuguesa instalaram um processo judicial contra os principais líderes da chamada Revolta da Cachaça. Condenado à morte, Jerônimo Barbalho foi enforcado e teve sua cabeça exposta na cidade. A Coroa Portuguesa repudiou o rigor excessivo dirigido contra Barbalho e, desta forma, resolveu censurar o governo de Salvador de Sá. Em 1661, a Coroa Portuguesa resolveu perdoar todos os envolvidos na revolta e passou a considerar o protesto legítimo. Além disso, o governo lusitano liberou a fabricação da cachaça no país. Tal episódio mostrou a flexibilização da Coroa Portuguesa frente aos conflitos coloniais, o que pôs em xeque o conhecido autoritarismo dos representantes metropolitanos.



*Guerra da Independencia do Brasil. A guerra gerada a partir da oficialização política do Brasil.


Século XX


*Primeira Guerra Mundial


*Segunda Guerra Mundial


*Guerra do Vietnã


Século XXI


*Conflito no Quênia. Conflito político marcado pela corrupção e irregularidades.


*Guerra do Afeganistão. O atentado de 11 de setembro e o surgimento da guerra.


*Guerra do Iraque. Conflito liderado pelos Estados Unidos que mata milhares de pessoas por dia.



E POR AÍ VAMOS...



"BOA IDEIA" PRA ACABAR COM A POLÍCIA ARMADA NAS RUAS DAS CIDADES... PARA NOS LIVRARMOS DAS ARMAS DE FOGO. AINDA PRECISAMOS DELAS?...





*FAZER COM QUE BANDIDOS, LADRÕES, ASSASSINOS, CORRUPTOS, DELINQUENTES E FORAS DA LEI DE TODA FORMA, PERCEBAM QUE SE ELES PARASSEM DE COMETER CRIMES, NÃO PRECISARIAMOS MAIS DE NENHUM TIPO DE "POLÍCIA" ARMADA NAS RUAS. CHEGARIAMOS A NOVA ERA SEM POLÍCIA E SEM BANDIDOS, OU SEJA, "SE NÃO EXISTE BANDIDO NÃO EXISTE POLÍCIA"... ESTARIAMOS LIVRES DE MILITARES...



JUSTIFICATIVA:



QUALQUER TIPO DE ARMAMENTO DEVE SER CONSIDERADO ABOMINÁVEL.

ENTENDO QUE É MUITO PIOR DO QUE QUALQUER DROGA, OU A PIOR DELAS... O ÁLCOOL, A COCAÍNA, O CIGARRO TE MATAM AOS POUCOS, ATRAVÉZ DO ABUSO DESSAS SUBSTÂNCIAS. O TIRO QUE SAI DEPOIS DE APERTADO O GATILHO CERTEIRO VAI TE MATAR NA HORA, SUAS CHANCES DE RECUPERAÇÃO E SOBREVIVÊNCIA SERÃO MINIMAS...



DISTURBIOS DE VIOLÊNCIA DEVEM SER TRATADOS SÓ COMO CASO DE POLÍCIA?




POR QUANTO TEMPO A SOCIEDADE VAI SUPORTAR TIROTEIO EM FAVELAS E ASFALTO( BRIGA DE "MOCINHO" E "BANDIDO"), COMO AS QUE ACONTECEM PERIODICAMENTE NO RIO DE JANEIRO? SEMPRE VITIMANDO INOCENTES... POR QUANTO TEMPO FICAREMOS ALHEIOS, DEIXANDO PRODUTOS QUE VENDEM TANTO(MACONHA E COCAÍNA), NAS MÃOS DE HOMENS E CRIANÇAS ARMADOS?

JÁ PENSOU SE BANANA, QUE VENDE TANTO E VOCÊ ENCONTRA EM QUALQUER LUGAR, FOSSE VENDIDA POR PESSOAS ARMADAS?...





CRIMINOSOS TEM QUE PAGAR COM RIGOR POR SEUS CRIMES.



MAS SERÁ QUE SÓ JOGA-LOS NA CADEIA RESOLVE O PROBLEMA?






O QUE ACONTECERIA SE AO INVEZ DE GRADES, OFERECÊSSEMOS EDUCAÇÃO AOS PRESOS DO BRASIL, TRANSFORMANDO AS JÁ CONHECIDAS "UNIVERSIDAES DO CRIME"(PRISÕES) EM UNIVERSIDADES DE VERDADE COM BONS PROFESSORES(BEM PAGOS), MÉDICOS, PSICÓLOGOS E QUE DEPOIS DE PAGAS AS PENAS HOUVESSE UM ACOMPANHAMENTO DO CRIMINOSO, AJUDANDO NA SUA RESSOCIALIZAÇÃO,


COM EMPREGO GARANTIDO EM GRANDES EMPRESAS???????????????????...






TRAGA SUA BOA IDEIA E JUSTIFICATIVA! ABRS...

Um comentário:

ORIANA disse...

"UMA MENTE QUE SE ABRE PARA UMA NOVA IDÉIA JAMAIS VOLTA AO TAMANHO ORIGINAL..." A EDUCAÇÃO, AO FORMAR E INFORMAR SERES VERDADEIRAMENTE LIVRES; COM MENTE, CORAÇÃO E CARATÉR POTENCIALMENTE DESPERTADOS PARA O BEM QUE SE TEM (EM TODOS), EXERCE O PAPEL FUNDAMENTAL NA CONSTRUÇÃO DE UMA SOCIEDADE SADIA E EVOLUÍDA... E ISSO É UMA PARCERIA ENTRE: EU , TU E ELE(A). E, NÓS, VÓS E ELES(AS). PARABÉNS, AMIGO! MUITO INTELIGENTE TUA ABORDAGEM...